Internautas votam pela manutenção de Selma no cargo de senadora por MT

28

Brasília, 5 de dezembro de 2019

A população de Mato Grosso não quer a cassação do mandato da senadora Juíza Selma (Podemos-MT). É o que aponta uma enquete disponível em um portal local do estado. Os internautas, em sua grande maioria, estão votando contra a medida. Até o fechamento desta matéria, a pesquisa já apontava 65,7% opiniões contrárias. Após o voto do relator nesta terça-feira (3), a sessão foi suspensa no TSE em razão do horário avançado (23h50 em Brasília).
A parlamentar, conhecida como “Moro de saia”, ganhou essa titularidade ao tornar-se a juíza responsável por decisões importante em Mato Grosso. No comando da Operação Sodoma, mandou prender o ex-governador de Mato Grosso, ex-secretários de governo, o ex-presidente da Assembleia Legislativa e também o ex-presidente da Câmara dos Vereadores de Cuiabá. Todos envolvidos com corrupção, fraudes e desvio de dinheiro público.
No Congresso, atua fortemente em pautas ligadas ao combate à corrupção e ao crime organizado. Defensora da Operação Lava Jato, se posicionou em plenário inúmeras vezes em apoio à força tarefa. Participou de movimentos em favor da CPI da Lava Toga, e do fim do foro privilegiado. É relatora de propostas que visam reestabelecer a prisão em segunda instância. Além disso, rejeitou privilégios, como a aposentadoria especial de parlamentar.
Em sustentação oral durante o julgamento, o advogado da parlamentar, Gustavo Guedes, destacou a inexistência de provas que comprovem as alegações da acusação e ressaltou o cerceamento de defesa e a falta de perícias em material fundamental à defesa da congressista.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here