Juíza Selma destina R$ 15,9 milhões para diversos setores de MT

16

Recursos serão disponibilizados para o setor agropecuário, educação básica, Polícia Rodoviária Federal, infraestrutura turística, assistência hospitalar e ambulatorial, CRAs, APAEs e hospital do Câncer de Cuiabá

O estado de Mato Grosso ganhará mais um reforço para o desenvolvimento de diversos setores na região. A senadora Juíza Selma destinará R$ 15,9 milhões em emendas parlamentares para o desenvolvimento de áreas essências. Desse montante, R$ 7,9 milhões serão alocados na saúde. Os recursos serão distribuídos na compra de ambulâncias, custeio de APAEs e de serviços de assistência hospitalar e ambulatorial, estruturação de unidades de atenção básica, e para o Hospital do Câncer de Cuiabá. Anteriormente a parlamentar já havia destinado R$ 6,2 milhões para atender outras demandas na área de saúde e R$ 26 milhões para a segurança pública.

Outra área contemplada será a educação, que ganhará ônibus escolares para o transporte de estudantes no estado. O valor destinado será de R$ 2 milhões. A agricultura receberá R$ 2,5 milhões que serão distribuídos na compra de equipamentos para fomentar o setor.

O estado ganhará recursos para projetos de infraestrutura turística no valor de R$ 1,1 milhão. A infraestrutura básica também embolsará um reforço no valor de R$ 1,1 milhão para projetos de desenvolvimento sustentável. O Centro Referência e Assistência Social (CRAs) receberá R$ 963 mil para fortalecimento de três unidades no estado. Já a segurança pública receberá o valor de R$ 250 mil para reforma da sede da Polícia Rodoviária Federal em Primavera do Leste.

De acordo com a parlamentar, as emendas foram destinadas aos municípios que mais precisam e para as áreas mais carentes. “Os municípios grandes muitas vezes não possuem infraestrutura suficiente sequer para transportar os alunos até à escola. Nós precisamos tornar o Mato Grosso mais igual. Existem áreas no estado que são muito ricas, outras não tão ricas e algumas muito carentes. Precisamos fazer com que o Mato Grosso cresça de forma mais homogênea”, ressalta Selma.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here