Senadora Juíza Selma critica decisão que puniu procurador da Operação Lava Jato

6

Brasília, 26 de novembro – A senadora Juíza Selma (Podemos-MT) usou sua conta no Twitter para demonstrar sua indignação com o julgamento do procurador Deltan Dallagnol realizado hoje em Brasília (DF). “CNMP julgando agora o @deltanmd por ter dito apenas a verdade, quando declarou que o STF é leniente com a corrupção. Punir o investigador é enterrar a Lava Jato. O relator Luís Carlos Bandeira de Melo, indicado por Renan Calheiros para o Conselho, vota pela punição. Cadê a justiça? ”.
A parlamentar considera que enfraquecer o investigador é uma forma de enfraquecer a Operação Lava Jato. “Não se pode admitir que a lei da mordaça impere sobre membros do Ministério Público e membros da magistratura. Panelinha, na minha opinião, é um termo muito brando para merecer uma reprimenda”, ressaltou.
O processo administrativo disciplinar (PAD) contra o coordenador da Lava Jato havia sido protocolado no CNMP pelo presidente do STF, Dias Toffoli, com base em uma entrevista concedida pelo procurador em agosto de 2018. Na ocasião Deltan afirmou que ministros do Supremo passam uma mensagem de leniência com suas ações.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here